Mareando

>> sexta-feira, 17 de maio de 2013


Diante dos meus olhos um horizonte de possibilidades desconhecidas. Abaixo dos meus olhos um mar que seca uma garganta insistente em matar a sede com essa água salgada. Já quase me afoguei em meio ao meu pranto, hoje navego sobre o oceano que compus rumo ao encontro de algum encanto. À frente e avante!

1 comentários:

Luiz 18 de maio de 2013 00:14  

O mar com água salgada é um paradoxo divino criado por Deus pra incitar a reflexão. Pena que poucas pessoas parem para pensar nisso. Sorte que tem gente que não só percebe, como faz poesia com isso, transporta isso pro fascinante universo da metáfora e nos arrepia e emociona com sensibilidade. Mais sorte ainda é eu conhecer e fazer parte da vida de quem faz isso. Sinto-me privilegiado. E com sede de você, doce ou salgada rs Minha gratidão por existir.

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP